By Alef Farias / Uncategorized / 0 Comments

WannaCry: o ransomware que assolou 300 mil computadores em todo o mundo virou um fantasma a ser perseguido por cibercriminosos. O motivo? Replicar o “sucesso” que o malware teve e tirar alguma grana extra com isso. Dessa forma, nasceu o Petya (também conhecido como NotPetya e ExPetr), que ganhou um bom fôlego, mas não repetiu o sucesso do WannaCry. Agora, um novo ransomware está surgindo, o Bad Rabbit.

Até o momento, o Bad Rabbit já infectou empresas e instituições na Rússia e na Ucrânia — companhias de mídia como a Interfax, Fontanka, aeroportos etc —, além da Turquia e Alemanha. De acordo com a Kaspersky, os cibercriminosos por trás do ransomware exigem 0,05 bitcoins como pagamento para liberar os arquivos, cerca de R$ 1 mil.

Não pague ransomware, por favor

Os pesquisadores da Kaspersky notam que o Bad Rabbit não utiliza exploits, mas infecta computadores por meio de um instalador falso do Adobe Flash. Assim que a vítima instala o arquivo .exe falso, o PC é criptografado. Por isso, diferente do WannaCry, aqui a “culpa” recai totalmente sobre a vítima, que aciona o arquivo malicioso por conta própria.

Ainda não se sabe se, após o pagamento exigido pelo ransomware, os arquivos são liberados intactos. Exatamente por isso, a máxima “não pague por ransomware”, continua valendo.

As dicas para não ter problemas com o Bad Rabbit são as seguintes

  • Bloqueie execução de arquivos c:\windows\infpub.dat e c:\Windows\cscc.dat
  • Não realize qualquer atualização de softwares da Adobe, por agora
  • Se usar a linha CC, Adobe Cloud, fique offline e não ative o Cloud
  • Desabilite o serviço WMI
  • Realize um backup de seus arquivos
  • Se infectado, não pague. Não ajude nem incentive os cibercriminosos
By Alef Farias / Noticias / / 0 Comments

Vivo passou a oferecer franquia extra de internet para os consumidores que quiserem assistir a vídeos da Netflix. O serviço de streaming é a mais recente adição do Double Play, característica de planos pós-pago com o dobro de dados da franquia para alguns serviços online desde outubro de 2017. Em um plano com 10 GB de dados, usuários ganham mais 10 GB para acessar apps selecionados, entre eles o da Netflix.

A franquia extra está disponível apenas para os planos Família da operadora. A opção mais barata inclui 10 GB para usar como quiser e mais 10 GB para os apps do Double Play. Em São Paulo, o plano custa R$ 269,99 por mês, preço que cai para R$ 219,99 no Rio de Janeiro.

Vivo passou a oferecer franquia extra de internet para os consumidores que quiserem assistir a vídeos da Netflix. O serviço de streaming é a mais recente adição do Double Play, característica de planos pós-pago com o dobro de dados da franquia para alguns serviços online desde outubro de 2017. Em um plano com 10 GB de dados, usuários ganham mais 10 GB para acessar apps selecionados, entre eles o da Netflix.

A franquia extra está disponível apenas para os planos Família da operadora. A opção mais barata inclui 10 GB para usar como quiser e mais 10 GB para os apps do Double Play. Em São Paulo, o plano custa R$ 269,99 por mês, preço que cai para R$ 219,99 no Rio de Janeiro.

                                                             

A Vivo libera o uso da Netflix e de outros apps até o limite do bônus. Quando o pacote adicional termina, os serviços começam a consumir a internet do plano normalmente.

Além da Netflix, o Double Play da Vivo inclui SpotifyYouTubeVivo Música e NBA. Na prática, o usuário pode acessar conteúdos destas plataformas até o limite de 10 GB. Caso ultrapasse disso, passará a consumir a franquia tradicional, destinada a troca de emails, navegação e outras ferramentas

Clientes da Vivo contam ainda com acesso absolutamente irrestrito a três aplicativos: Easy TaxyCabify e Waze.

Preço dos planos Vivo Família

A oferta de bônus para Netflix já havia aparecido primeiro em planos da TIM em novembro de 2017. Na ocasião, a operadora começou a comercializar planos Tim Black com uma quantidade extra de dados para uma seleção de apps. Em um plano de 7 GB, por exemplo, o usuário recebe outros 7 GB para usar especificamente em serviços de streaming, que incluem também Looke, Esporte Interativo Plus e Cartoon Network Já!.

Comecei a prestar atenção em Blockchain ao ler artigo de abril de 2014, “Satoshi´s Revolution: How The Creator Of Bitcoin May Have Stumbled Onto Something Much, Much Bigger”. Até aquele momento havia ouvido falar, lido alguma coisa, mas não me havia caído a ficha. Com o insight, as coisas ficaram mais claras. Sim, uma nova tecnologia sinalizava um tsunami em alto mar e seu efeito poderia ser avassalador.

Read more “Blockchain é muito mais que uma tecnologia exponencial”

NVIDIA anunciou na CES 2018 que esta lançando um novo formato para os gamers de plantão. Não é só uma superTV, e sim uma nova plataforma gamer. Chamado de “Big Format Gaming Displays” (Display para Games em Grande Formato ou apenas BFGD), traz uma junção das principais tecnologias de ponta num painel 4K de 65 polegadas.

Read more “CES 2018: NVIDIA lança superTV 4K para gamers com G-Sync e 120Hz”